Hábitos de vida influenciam na saúde das futuras gerações

A ciência tem evoluído muito, e um dos conceitos mais atuais na área da saúde está relacionado à epigenética. Palavrão que nada mais quer dizer que nós deixamos marcas no nosso material genético de acordo com o que somos expostos ao longo da nossa vida.

A alimentação é um dos principais fatores ambientais que interagem e deixam marcas no nosso material genético. Por isso, se você se importa com as gerações futuras, comece a repensar a sua alimentação.

O período gestacional é um momento crítico dessa interação. Dependendo da dieta materna e durante o período de lactação podemos aumentar o risco de desenvolvimento de doenças inflamatórias e obesidade na vida adulta.

É isso mesmo: a alimentação no início da vida tem grande importância na saúde do indivíduo quando ele se tornar adulto.  Uma dieta materna rica em gordura, especialmente saturada e trans, presente em produtos ultraprocessados, aumenta o risco de doenças como diabetes e câncer na vida adulta dos filhos, além de alergias e rinite na infância.

Por isso, ter uma alimentação saudável e natural faz bem para você e para as gerações futuras. Pense nisso!

Deixe um comentário