Gymnasiade em Brasília quebra recordes

A Gymnasiade 2013, os Jogos Mundiais Escolares, chegou ontem ao seu último dia. Três recordes da competição já foram superados.

No atletismo, Wang Weihso, da China Taipei, quebrou o recorde nos 400 metros masculino. O jovem, de apenas 16 anos, não conseguia esconder a felicidade por estar participando da Gymnasiade e ainda ser o mais rápido da prova com 46″98.

“Estou muito feliz com a vitória. A partir de agora minha responsabilidade aumenta. Vou precisar treinar mais para poder representar bem meu país. É a primeira vez que quebro um recorde fora de casa”, contou Wang, que treina três horas por dia na escola onde estuda.

Mas não foi só o atletismo da China Taipei que comemorou um ouro com quebra de recorde. O nadador Bingrong Cai bateu o recorde da Gymnasiade nos 200m peito com tempo 2’16″75.

No time brasileiro também teve recorde na Gymnasiade. Núbia Soares, de 17 anos, marcou 13,40 metros no Salto Triplo. De Lagoa da Prata, em Minas Gerais, a atleta treina três horas por dia e conta que o segredo do sucesso é disciplina, garra e muito treino.

 

“Estou muito feliz com meu último ano de competições e agora vou focar no Mundial Júnior de Atletismo que acontecerá nos Estados Unidos ano que vem”, contou Núbia. A jovem é uma das principais promessas do país para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Prova disso é que este ano ela superou por duas vezes o recorde sul-americano de Menores no Salto Triplo.

Fonte:

Deixe um comentário