Grupo italiano quer se instalar no DF

Representantes da empresa italiana Almaviva procuraram, hoje, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico com o objetivo de estabelecer parceria com o GDF para a instalação de uma filial em Brasília.

O grupo, que oferece serviços de contact center e informática já atua no Brasil, contando com mais de 18 mil colaboradores distribuídos em Belo Horizonte, São Paulo, Juíz de Fora, Aracaju e Guarulhos. “O mercado brasileiro é promissor e, por isso, nós já temos mais pessoas trabalhando aqui do que na Itália. Escolhemos vir para Brasília porque é uma cidade estratégica, que abriga o centro do poder e ainda oferece uma série de atrativos econômicos”, disse Giulio Salomone, vice-presidente do Conselho da Almaviva do Brasil.

“O Distrito Federal é um ótimo campo para empresas como esta, e a Secretaria oferece incentivos que podem ajudar a impulsionar o negócio, gerando emprego e renda para a nossa população”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Hermano Carvalho.

O encontro também contou com a presença do Subsecretário de Investimentos Estratégicos e Negócios Internacionais, Apolinário Rebelo, que orientou os italianos acerca dos procedimentos padrões a serem tomados por empresários que se estabelecem no DF.

Almaviva – A companhia, que tem seu nome consolidado há mais de 40 anos na Itália e em outros países da Europa, oferece suporte a organizações privadas e à administração pública nos processos de relacionamento com clientes (projetos e sistema operacional), contact centerback-office; suporte operativo para programas de fidelidade; realização de pesquisas de mercado e recuperação de crédito/cobrança.

A ideia da empresa para o Brasil é oferecer seus serviços nos principais setores do mercado: Telecomunicações, Transportes, Bancos e Seguradoras, Industrial e Administração Pública.

Fonte:

Deixe um comentário