Governo estuda reduzir PIS/Cofins sobre etanol

Imposto total cairia de R$ 0,12 por litro para entre R$ 0,02 e R$ 0,025 na produção, segundo a proposta estudada. Decisão final deve ser anunciada até abril

Etanol

Diminuição do preço do etanol ajudaria a alivia a inflação, na opinião do governo (Divulgação)
O governo federal estuda a redução de até 83% no PIS/Cofins incidente sobre o etanol hidratado, como forma de baixar o preço do combustível ao consumidor e, consequentemente, diminuir seu impacto na inflação. A proposta negociada com o setor produtivo prevê o fim do recolhimento da contribuição nas distribuidoras, de 72 reais por metro cúbico (mil litros), e a redução do valor pago em PIS/Cofins pelo produtor – de 48 reais para entre 20 reais e 25 reais por metro cúbico.
Se esses valores forem confirmados no anúncio previsto para ser feito até abril – a previsão inicial era 28 de fevereiro – o PIS/Cofins total cairia de 0,12 centavos de real por litro para entre 0,02 centavos de real e 0,025 centavos de real na produção. 
Na proposta ainda em avaliação no governo, o valor do PIS/Cofins só não deve ser zerado porque empresas exportadoras do setor utilizam os créditos de contribuição obtidos com as vendas externas para outras operações fiscais.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário