Governo do Rio desiste de demolir antigo prédio do Museu do Índio

Depois de criticar tentativas de preservação da construção, governador Sérgio Cabral afirmou nesta segunda-feira que trabalhará para o tombamento e restauro do prédio de 1862

Indígenas ocupam antigo Museu do Índio

Indígenas ocupam antigo Museu do Índio (Vanderlei Almeida/AFP)
O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, voltou atrás na decisão de demolir o prédio do antigo Museu do Índio, no Maracanã, na zona norte da cidade. Cabral confirmou nesta segunda-feira que trabalhará para o tombamento e restauro do prédio, construído em 1862. No último sábado, a Defensoria Pública do estado conseguiu uma liminar no Tribunal de Justiça do Rio impedindo a demolição do prédio e estipulando uma multa de 60 milhões de reais caso o governo descumprisse a decisão.
 O plano inicial do governador era demolir o prédio para construir uma área de estacionamento e um centro de compras anexo ao complexo do Maracanã. O espaço seria cedido à iniciativa privada, que administrará o estádio após a Copa do Mundo de 2014. Sérgio Cabral chegou a alegar que a Fifa havia exigido a demolição do espaço para garantir a mobilidade dos torcedores no acesso aos jogos, o que foi negado pela entidade.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário