GDF quadruplica número de servidores públicos expulsos

O Portal da Transparência do Distrito Federal divulgou balanço com o número de servidores públicos do Distrito Federal expulsos por corrupção e outras infrações graves. Os dados do site indicam que esse número quadruplicou, em 2019, em comparação ao ano anterior.

Segundo o Portal, no ano passado, o governo puniu 166 pessoas com exoneração, demissão, destituição, exclusão ou cassação de aposentadoria. Ao longo de 2018, foram apenas 40 processos. O aumento foi de 300%.

O recorde de processos havia ocorrido em 2017, quando 64 servidores foram desligados da máquina pública. Ou seja, até então, o governo local (GDF) nunca havia condenado mais de 100 pessoas em um mesmo ano. Entre 2003 e 2019, 715 empregados públicos foram expulsos no total.

Deixe um comentário