GDF oferece cursos de capacitação para vítimas de violência doméstica

curso
Lançamento do curso de costura para mulheres vítimas de violência doméstica na Casa da Mulher Brasileira (Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)

 

Mulheres que tenham passado por situações de violência doméstica podem participar de cursos de capacitação disponibilizados pelo GDF. O lançamento das disciplinas para futuras costureiras, cuidadoras de idosos, recepcionistas e massagistas aconteceu nesta terça-feira (5) na Casa da Mulher Brasileira, na 601 Norte.

As mulheres foram selecionadas por critérios de vulnerabilidade social e pelo fato de já terem passado pela Casa Abrigo, pela Casa da Mulher Brasileira ou por algum dos Centros de Atedimento Social do GDF. Os órgãos são responsáveis pela indicação das mulheres para os cursos.

As alunas dos cursos de massagista, recepcionista e cuidador de idosos vão receber R$ 8 para auxílio-transporte. As estudantes de costura terão direito ao Passe Livre Estudantil, por conta da carga horária de 240 horas.

O primeiro curso dado pelo governo é o de costura em máquina “overlock”, que dá acabemento e faz cortes em tecido, com carga horária de 240 horas. Catorze mulheres já receberam kit caderno e caneta para participar da disciplina.

Na segunda (11) serão liberadas 25 vagas para cuidador de idosos, com 160 horas de curso. No dia 18 mais 50 matrículas para aspirantes a recepcionista, curso que será dividido em turmas na Casa da Mulher Brasileira, na 601 norte, e no Centro de Atendimento às Mulheres (Ceam), em Ceilândia. O curso de massagista tem previsão de início em agosto. Serão 25 vagas na Casa da Mulher Brasileira.

Cursos profissionalizantes
Costura em máquina reta
Data: 4 de julho
Carga horária: 240 horas/aula
Local: Fábrica Social  (Cidade do Automóvel, quadra 14, conjunto 2, lote 16)
Vagas fechadas

Cuidador de idosos
Data: 11 julho
Carga horária: 160 horas/aula
Local: Na Casa da Mulher Brasileira (Setor de Grandes Áreas Norte, quadra 601)
25 vagas

Recepcionista
Data: 18 de julho
Carga horária: 160 horas/aula
Local: Casa da Mulher Brasileira e nos Centros Especializados de Atendimento às Mulheres
50 vagas

Massagista
Data: a definir
Carga horária: 160 horas/aula
Local: Casa da Mulher Brasileira (Setor de Grandes Áreas Norte, quadra 601)

 


Procon-DF vai fiscalizar cumprimento da Lei da Fila nos bancos


Acender farol de dia em rodovia será obrigatório a partir desta sexta (8)


Polícia apreende mais de 3 mil brinquedos piratas na Feira dos Importados


Fonte:

Deixe um comentário