GDF fecha acordo para contratação de rodoviários demitidos

O GDF intermediou acordo para resolver a situação dos rodoviários demitidos por operadoras que deixaram o sistema de transporte público. Em reunião ontem (26), no Palácio do Buriti, ficou acertado que a empresa Marechal contratará cerca de 200 trabalhadores que estavam desempregados. A intenção é evitar transtornos aos usuários de ônibus no DF.

 

Outros 200 rodoviários também foram demitidos e estão na mesma situação. Nesta quinta-feira (27), segundo o presidente da Sociedade de Transporte Coletivos de Brasília (TCB), Carlos Alberto Koch, representantes do GDF tentarão o mesmo acordo com a empresa São José para contratar esses profissionais.

 

Os funcionários que serão contratados pela Marechal estavam impedidos de trabalhar porque não foi dado baixa na carteira de trabalho.

 

“Conseguimos que a Marechal contrate esses trabalhadores, mas, antes disso, o sindicato entrará com ação trabalhista solicitando o rompimento do contrato de trabalho com o empregador anterior. Assim que impetrar essa ação, a Marechal poderá começar a contratar”, afirmou o presidente do Sindicato dos Rodoviários, João Osório.

 

Ainda segundo Osório, a previsão é que a ação seja levada à Justiça até esta sexta-feira (28), para que a empresa possa contratar os rodoviários. A expectativa é que eles comecem a rodar a partir da próxima semana, mesmo sendo Carnaval.

 

“Esse acordo nos dá maior segurança jurídica para prosseguir com as contratações, pois o único impedimento para concluímos era esse (a baixa nas carteiras de trabalho)”, explicou o diretor-executivo da empresa Marechal, Davi Olbertz.

 

Além dos presidentes da TCB e do Sindicato dos Rodoviários, participaram da reunião o governador em exercício, Tadeu Filippelli, o secretário de Administração Pública, Wilmar Lacerda, o subsecretário de Transporte, Augusto de Faria, e o diretor do DFTrans, Marco Antônio Campanella, entre outros.

 

Fonte:

Deixe um comentário