GDF estuda reajustar a tarifa de ônibus e metrô

Ilustração: Ico Oliveira/Agência Brasília

O Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Mobilidade (Semob), estuda reajustar a tarifa de ônibus e metrô. Em entrevista, o secretário de Transporte, Valter Casemiro, confirmou a possibilidade do aumento.

A indicação é de um acréscimo de R$ 0,50 no valor das passagens. A tarifa que custa R$5,00 passaria para R$5,50. Hoje, os ônibus que circulam pelo DF atendem cerca de 1,2 milhão de pessoas por dia. O sistema metroviário transporta uma média de 150 mil passageiros/dia.

O reajuste pode entrar em vigor ainda em janeiro, dependendo da decisão do governador Ibaneis Rocha (MDB).

Três anos congelados

A última alteração no preço das passagens aconteceu em 2017, no governo de Rodrigo Rollemberg (PSB). As linhas circulares internas passaram de R$ 2,25 para R$ 2,50; as de ligação curta foram de R$ 3 para R$ 3,50; e as viagens de longa distância e integração subiram de R$ 4 para R$ 5.

De lá pra cá, os preços permaneceram congelados, tanto no sistema metroviário quanto nas linhas de ônibus.

Deixe um comentário