GDF entrega escrituras na Estrutural

Aproximadamente 240 famílias da Estrutural receberam no sábado (16) as escrituras de suas moradias, durante o segundo mutirão do programa do GDF “Regularizou, é seu!”, realizado no Centro de Ensino Fundamental I da cidade. Com isso, o número de pessoas que já receberam o documento na cidade chega a cerca de 450.

 

“Nós estamos garantindo o direito à cidadania e à moradia dessas pessoas, que têm, a partir de agora, segurança que o imóvel é seu. Agora, vamos acelerar a regularização para que todos os oito mil imóveis da Estrutural estejam escriturados até o fim do primeiro semestre de 2014”, assegurou o governador Agnelo Queiroz, que entregou pessoalmente algumas escrituras aos moradores.

 

O secretário de Habitação, Geraldo Magela, enfatizou que o governo está empenhado em regularizar a situação imobiliária. Por isso, um posto de atendimento será montado na cidade para começar a receber, na segunda-feira (18), a documentação dos moradores que ainda estão irregulares. (Confira abaixo)

 

Além disso, outra ação do governo anunciada por ele foi  a redução das taxas de cartórios de cerca de R$ 1,4 mil para R$ 198 para que as pessoas possam retirar a escritura. “O governador determinou que todas as pessoas que estejam regularizando suas casas não paguem todo esse valor, que é alto. Por isso, firmamos um convênio para diminuir o valor”, enalteceu.

 

Magela também destacou que a Sedhab destinará, dos recursos do  Fundurb, R$ 80 mil para reformar o Centro de Múltiplas Funções da Estrutural e mais R$ 489 mil para a construção de um Centro de Convivências de Idosos (CCI).  Segundo ele, as licitações das obras serão lançadas nos próximos dias.

 

“As ações do governo realizadas aqui para melhorar a infraestrutura e legalizar os imóveis são reflexo do compromisso de melhorar a qualidade de vida das pessoas”, disse a administradora regional da cidade, Maria do Socorro Torquato.

 

Segundo ela, a região administrativa existe informalmente há mais de 40 anos e hoje possui população de aproximadamente 40 mil habitantes. Com a regularização, serão instaladas na cidade uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), duas creches, um Centro de Ensino Médio e um Centro de Ensino Fundamental. Também serão reformadas a feira permanente e as obras para pavimentação das vias e rede de esgoto serão concluídas.

 

PROCESSO DE REGULARIZAÇÃO – Quem ainda não recebeu a escritura do imóvel na Estrutural deve entregar a documentação a partir de segunda feira, conforme o calendário, no posto de atendimento da Codhab montado na Administração Regional da Estrutural.

 

O serviço, que será realizado por 10 servidores ocorrerá até o dia 20 de dezembro. Veja quais documentos são necessários para a regularização:

 

– CPF;

– Carteira de Identidade – RG;

– Certidão de casamento (se for o caso);

– RG e CPF do cônjuge ou companheiro;

– Comprovante de renda;

– Comprovante de residência no DF nos últimos cinco anos;

– Comprovante de pagamento de taxas para abertura do processo;

– Certidões cartorárias;

– Cessão de direito de procuração.

Fonte:

Deixe um comentário