Gás Natural chinês

A China acelerará sua reforma nos preços do gás natural neste ano, disse o presidente da PetroChina, Zhou Jiping, neste domingo, durante a sessão anual da Conferência de Consulta Política do Comitê Nacional do Povo, última etapa da transição de liderança do país, que ocorre uma vez a cada 10 anos.


Em 2011, o país começou reformas experimentais em duas províncias para afrouxar o controle de preços do gás natural e alinhá-los ao mercado de combustível importado. De acordo com Jiping, a companhia também vai intensificar a sua cooperação com parceiros estrangeiros em projetos de gás de xisto.
O executivo também afirmou que o custo de atualização de refinarias para produzir combustível Euro 4 seria em torno de 15 bilhões de yuans (US$ 2,4 bilhões), sem dar um prazo específico para o investimento.
Fonte: Down Jones
Sites e Blogs

Deixe um comentário