Gama celebra o Dia da Consciência Negra

O GDF e o Movimento Afrodescendente de Brasília (MADEB) apresentam a III Mostra Cultural Afro-brasileira, para comemorar a Semana da Consciência Negra. O evento será nesta sexta-feira (22), das 9h às 22h, no ginásio coberto do Centro Olímpico.

“O Gama recebe com muito orgulho a terceira mostra, que faz parte da programação do aniversário de 53 anos da cidade. Esta é uma oportunidade para mostrarmos a importância da influência negra na formação cultural do nosso país”, afirmou o administrador regional da cidade, Adauto Rodrigues.

A festa contará com peças teatrais, dança e shows musicais de artistas da cidade que reafirmam a influência negra nas artes brasileiras, além do grupo baiano Ilê Ayê, que encerrará o evento.

 

A programação traz ainda exposições pedagógicas de professores e alunos da rede pública.

“O que queremos é quebrar o tabu (em relação) à cultura negra, que ficou marginalizada durante muitos anos. Queremos contar a história da África sob a ótica do negro, e não do branco”, comentou Rui Perpétuo Gomes, presidente do MADEB.

LEI – De acordo com a Lei Federal nº 10.639 de 2003, o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira nas escolas públicas e particulares se tornou obrigatório no Brasil.

No Gama, a Secretaria de Educação instituiu o projeto-piloto de mudanças na grade curricular das escolas públicas para a adequação à legislação.

Fonte:

Deixe um comentário