Funcionários fantasmas no Governo

Mais duas funcionárias da Câmara são suspeitas de receber salário sem aparecer no trabalho. E elas estão lotadas no mesmo local de um dos casos revelados na semana passada. Depois de mostrar que Elias José Ferreira é investigado pelo Ministério Público Federal por acumular cargos ilegalmente e receber vencimentos durante 22 anos sem trabalhar, o Correio teve acesso à denúncia de que outras duas pessoas também seriam funcionárias fantasmas do mesmo gabinete, do deputado Antônio Andrade (PMDB-MG).


As secretárias parlamentares Amália Marisa de Assis Ferreira, mulher de Elias; e Naiara Rosa Peres, filha da ex-prefeita de Coromandel (MG) Dione Maria Peres, recebem, juntas, R$ 7.814 por mês para assessorar o deputado, mas nem sequer são conhecidas pelos demais funcionários de Andrade. Os casos ainda não são investigados pela Câmara, que tem abertos 178 processos administrativos disciplinares contra servidores que cometeram algum tipo de irregularidade.


Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário