Frejat desiste. Rollemberg comemora

Doze dias após declarar que “não venderia a alma ao diabo” para se eleger governador de Brasília, o ex-secretário de Saúde Jofran Frejat (PR) anuncia que não disputará o Palácio do Buriti nas eleições de outubro. A decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (24), após
reunião com o presidente nacional do partido, Valdemar Costa Neto.
Agora há pouco, durante vistoria às obras de uma escola em Taguatinga, o governador Rodrigo Rollemberg declarou com exclusividade ao Brasília Capital que “esses pactos são difíceis de desfazer”, referindo-se à reclamação do ex-adversário.
Segundo o governador, esses pactos existem em Brasília há muito tempo. “Ali não tem só um diabo. São
muitos. O Frejat teria que explicar isso”, disse Rollemberg. Para ele, “as pessoas não querem a volta da corrupção, pois sabem o tanto que a cidade sofreu por causa dela”.
Com o novo cenário e diante da percepção da população da importância das medidas tomadas por seu governo para arrumar a casa (as contas públicas), o governador se disse confiante. “Tenho muita convicção de que vamos ganhar essa eleição”, finalizou Rollemberg.

Deixe um comentário