Fraude no ponto eletrônico

Thauane Nunes Ferreira, que disse seguir ordens do diretor municipal do Samu, validava o ponto digital de seis profissionais, entre médicos e enfermeiros

Uma médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Ferraz de Vasconcelos, em São Paulo, foi flagrada neste domingo marcando o ponto para colegas utilizando dedos de silicone. Thauane Nunes Ferreira, detida no período da manhã na delegacia da cidade pela Guarda Municipal, foi liberada por volta das 18h30, com habeas corpus apresentado por seu advogado.
Ela validava o ponto digital biométrico de comparecimento de seis profissionais, entre médicos e enfermeiros, com as próteses feitas de silicone. Thauane vai responder por falsificação de documento público.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário