Franceses querem firmar parcerias estratégicas com o GDF

Durante visita à França, o governador Agnelo Queiroz se encontrou com Michèle Sabban, presidente do Fundo Mundial para o Desenvolvimento das Cidades (FMDC) e vice-presidente do Conselho Regional Ile-de-France para Administração Geral, Pessoal e Mercados Públicos, e com Rui Bettencourt, encarregado da missão para o Eurodyssée. Ela apresentou ao governador do DF interesse em realizar parcerias estratégicas nas áreas de mobilidade internacional de estudantes, sustentabilidade, transporte público e planejamento urbano.

 

O chefe do Executivo local foi convidado a apresentar essas boas práticas no encontro do R20, em outubro. O R20 é composto por cidades de todo o mundo que discutem medidas para os problemas climáticos e para a diminuição da emissão de carbono. Michèle Sabban propôs, ainda, que seja realizada em Brasília, em janeiro de 2015, a reunião preparatória para o COP 21, com a participação dos países latino-americanos. Agnelo Queiroz destacou que o evento preparatório é muito oportuno, visto que a capital federal realizará o Fórum Mundial da Águas em 2018.

 

A presidente do Fundo Mundial para o Desenvolvimento das Cidades anunciou ao governador a abertura do escritório do FMDC em Brasília e sugeriu que o DF seja o epicentro do órgão na América Latina, o que foi acatado pelo governador com satisfação.

 

MOBILIDADE ESTUDANTIL – Rui Bettencourt, encarregado da Missão para o Eurodyssée, conversou com o governador Agnelo Queiroz sobre a possibilidade de mandar estudantes de intercâmbio para a capital do país. Agnelo enfatizou que os alunos serão bem recebidos no Distrito Federal e aproveitou a oportunidade para apresentar o “Brasília Sem Fronteiras”, que enviará participantes para a Europa este ano.

 

A Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a mudança do clima é um tratado internacional que foi resultado da Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, conhecida como a Cúpula da Terra, realizada no Rio de Janeiro em 1992. Esse tratado foi firmado por quase todos os países do mundo e tem como objetivo a estabilizar a concentração de gases do efeito estufa em níveis que evitem a interferência perigosa com o sistema climático. Os países membros da Convenção se creúnem periodicamente nas reuniões chamadas Conferência das Partes (COP). A COP 20 será realizada em Lima (Peru), em dezembro deste ano. Já a COP 21 será realizada em 2015, em Paris (França).

Fonte: ,

Deixe um comentário