Fórum debate destino do lixo de Brasília

As boas práticas de gestão de resíduos voltadas para o lixo zero de Brasília, juntamente com os seus empreendedores sociais, serão apresentadas na terça-feira (12), na primeira edição do Fórum Capital Lixo Zero. O evento, que acontecerá das 8h30 às 18h, no Sebrae (SIA Trecho 3 lote 1.580), apresentará as dezoito melhores práticas nas áreas de Tendências Ambientais, Conscientização e Educação para o Lixo Zero, Redução, Reuso, Reciclagem, Compostagem, Hortas Comunitárias, Design, Ações Comunitárias e Políticas Públicas. Todos os bons exemplos a serem seguidos são de Brasília.

O lixo é hoje um dos principais problemas das cidades brasileiras. Seu manejo representa uma fatia significativa do orçamento distrital. Em Brasília, o futuro do SLU está indefinido. A empresa que está sendo repensada e ainda sem modelo estabelecido para enfrentar os desafios atuais e futuros. Além de ter, como toda a sociedade, de se adaptar à lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos, aprovada em 2010.

As apresentações fazem parte de soluções alternativas, promovidas pela sociedade civil, que têm chamado a atenção nacionalmente pelos seus resultados e eficiência. Um exemplo é o evento “Na Praia”, organizado pela empresa R2, que encaminha corretamente 95% de seus resíduos, evitando o envio para o aterro e impulsionando a economia verde, o que gera emprego e renda.

“O Fórum é muito importante para a cidade, pois apresenta diversas iniciativas que endossam um novo modelo para a gestão de resíduos sólidos, onde o lixo deixa de ser um problema e passa a ser um bem indutor do desenvolvimento econômico, social e ambiental”, afirma Ian Mckee, embaixador em Brasília do Instituto Lixo Zero Brasil. “O evento promete ser inspirador, em sintonia com a capital da inovação”, completa o consultor da Henrix Arquitetura da Sustentabilidade, apoiadora do Fórum.d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Deixe um comentário