Fluminense escolhe seu presidente amanhã

peter-siemsen-foto-nelson-perez-25-2-2016-616x390
Peter Siemsen: “Fluminense está preparado e vai garantir o sucesso do maior momento democrático de toda a sua história”. Foto: Nelson Perez/FFC

O Fluminense vai conhecer seu presidente para o triênio 2017/2019 neste sábado (26), quando o clube das Laranjeiras vai sediar as eleições, programadas para o período entre 9h às 18h, com direito a urna eletrônica fornecida pelo TRE-RJ.

O presidente Peter Siemsen apoia Pedro Abad, candidato da situação. A oposição vem com dois nomes igualmente fortes: Celso Barros, ex-presidente da Unimed, principal patrocinadora do clube até 2015, e Mário Bittencourt, advogado que ganhou notoriedade ao defender o Tricolor no processo contra a Portuguesa, em 2013, que evitou o rebaixamento do Tricolor para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro.

Estádio – Candidato da situação, Pedro Abad tem como lema a construção de um estádio. Seu principal cabo eleitoral, além de Peter, é Pedro Antonio, funcionário responsável pelo moderno centro de treinamento da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

“O Fluminense precisa de um estádio, pois é um grande clube. Vamos intensificar as conversas já iniciadas com a Prefeitura para mostrar que isso é viável”, prometeu Abad.

Volta de Fred – Tendo como lema o retorno do artilheiro Fred, que se transferiu para o Atlético-MG, Mário Bittencourt apela para a idolatria causada pelo jogador.

“Infelizmente abrimos mão do grande ídolo do clube nesses últimos trinta anos e agora teremos que buscá-lo novamente. Não vou medir esforços para isso”, disse Mário.

Abel Braga no comando – Já Celso Barros é o candidato de diversos ex-jogadores do Fluminense, como Darío Conca, que chegou a gravar um vídeo de apoio, Petkovic e Washington. O Coração Valente integra o time do ex-presidente da Unimed, que tem a formação de um time forte como principal meta.

“A primeira coisa a ser mexida é o time, pois o Fluminense precisa voltar a brigar por títulos. O que vimos nos últimos meses foi um alto investimento em jogadores medianos e que não deram retorno”, destacou Barros, que promete trazer o técnico Abel Braga.

Peter Siemsen está no comando do Fluminense desde 2011 e neste período conquistou o Campeonato Carioca e o Campeonato Brasileiro de 2012, além da Primeira Liga, no começo deste ano.

 

 

Fonte:

Deixe um comentário