Final dos tempos – Ser médico ou ferreiro?

“Não ponham vossos filhos para serem médicos. Ponham-nos para serem ferreiros. No final dos tempos haverá tantos loucos que não teremos correntes suficientes para amarrá-los”. Profecia antiga, contada repetidamente por meu pai, Senhor João de Matos, um dos homens mais inteligentes que conheci. O cérebro de grande parte da humanidade  está voltado para ações desonestas, e a consequência natural será a loucura. Assim como o álcool adoece o fígado e, o cigarro estraga o pulmão, o cérebro se deteriora pela produção de maus pensamentos, degenerando-se, ou desequilibrando a produção dos neurotransmissores responsáveis pelo equilíbrio e humor.

Há um encantamento com a desonestidade, e o desonesto, longe de achar-se como tal, acha-se inteligente.

No prejuízo ao próximo, afronta-se a Lei de Solidariedade e a Lei de Progresso, 1ª Lei, por excelência. Afrontando-se as duas, fica-se ao alcance da Lei de retorno, 3ª Lei. No ato da prisão de Jesus, Pedro saca a espada e decepa a orelha do soldado romano. Incontinenti, Jesus, com seu poder de cura, existente e proporcional em todo ser humano, a coloca de volta, e ensina-lhe: ” embainha tua espada porque quem com ela fere por ela será ferido”. Isso é Lei de Retorno. Você não nasceu por acaso. Nasceu por uma causa nobre. DESCUBRA-A!.

Deixe um comentário