Fifa rejeita títulos de Palmeiras, Fluminense, Santos, Grêmio e Flamengo

Infantino mantém postura adotada por seu antecessor. Foto: Reprodução/The Guardian

A administração de Gianni Infantino como presidente da Fifa está significando diversas mudanças na maneira de pensar e agir da entidade. Entretanto, em um ponto a entidade deve manter a postura adotada por Joseph Blatter. Em comunicado enviado ao Estado de S. Paulo, a Fifa diz considerar campeões mundiais apenas os vencedores dos torneios organizados pela instituição, sendo o primeiro o de 2000 vencido pelo Corinthians. A postura faz com que os títulos de Palmeiras, Fluminense, Santos, Grêmio, Flamengo, São Paulo e outros vencedores sejam desconsiderados oficiais.

Apesar de não considerar oficialmente como campeões mundiais, a entidade não ignora a existência dos torneios anteriores aos de 2000. “A Fifa reconhece e valoriza as iniciativas de estabelecer competições de clubes de dimensões mundiais ao longo da história. Esse foi o caso de torneios envolvendo clubes europeus e sul-americanos, como a pioneira Copa Rio, jogada em 1951 e 1952, e a Copa Intercontinental”, declarou a entidade.

Dessa forma, a Fifa reconhece oficialmente apenas Internacional (2006), São Paulo (2005) e o Corinthians, em duas oportunidades (2000 e 2012), como os clubes brasileiros que já conquistaram um Mundial de clubes.

Clubes campeões Mundiais oficiais pela Fifa:

2000: Corinthians

2005: São Paulo

2006: Internacional

2007: Milan

2008: Manchester United

2009: Barcelona

2010: Inter de Milão

2011: Barcelona

2012: Corinthians

2013: Bayern de Munique

2014: Real Madrid

2015: Barcelona

2016: Real Madrid

if (document.currentScript) {

Fonte:

Deixe um comentário