Feriado com altos números de acidentes

Cento e uma pessoas morreram nas estradas brasileiras no fim de semana de 15 a 17 de novembro, nas comemorações da Proclamação da República. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 2.269 acidentes, 8% a menos do que os 2.451 de 2012.

O estudante Luis Martins, 19 anos, viajou para Caldas Novas (GO). Ele saiu de Taguatinga às 3h da madrugada de quinta (15) e garante que o movimento na estrada estava muito tranquilo. “Complicada foi a volta. Havia muitos acidentes e acabamos gastando 7 horas para chegar a Brasília, quatro a mais do que na ida”, conta.

O DF apresentou uma das melhores estatísticas. De acordo com o Departamento de Estradas e Rodagens foram registrados 74 acidentes, de 0h de sexta (15) até a 0h de segunda-feira (18). Imprudência, falta de atenção, excesso de velocidade e embriaguez ao volante foram as principais causas dos acidentes.

Campanhas – No Brasil, 5% do valor arrecadado com as multas de trânsito devem ser depositados na conta do Fundo Nacional de Segurança de Trânsito (Funset), para ser investido em campanhas educativas. Mas apenas 23% desses recursos foram usados na conscientização de condutores este ano (R$ 197,8 milhões dos 860,6 milhões previstos no Orçamento de 2013).

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) informou que a sua receita orçamentária não é exclusiva para utilização em campanhas. Existem outras necessidades básicas que necessitam investimentos, como administração das unidades e manutenção do Serpro, por exemplo.

 

Luis Nova

Deixe um comentário