Federer espera pegar Nadal na decisão do Aberto da Austrália

O suíço Federer vai tentar conquistar seu 18º título de Grand Slam. Foto: Divulgação

Roger Federer garantiu sua classificação para a sexta final de Aberto da Austrália da sua carreira. Em busca do seu 18º título de Grand Slam, o suíço terá a oportunidade de voltar a disputar um troféu com Rafael Nadal, seu maior rival, que precisa vencer Grigor Dimitrov, nesta sexta-feira (27) , às 6h30, para confirmar a vaga na decisão 

Em 34 confrontos entre os dois, foram 23 vitórias de Nadal e 11 de Federer. Apesar do retrospecto negativo, o suíço se mostrou empolgado com a possibilidade de voltar a competir contra o rival espanhol em uma final de Grand Slam, o que não acontece desde 2011, em Roland Garros.

“É real, eu posso falar sobre a final agora. Fiquei me esquivando de questionamentos como estes nos últimos dias. Rafa (Nadal) me deu os maiores problemas que tive na carreira, provavelmente sou o fã número um dele, acho o jogo dele simplesmente tremendo. Ele é um competidor incrível. Fico feliz de ter tido algumas batalhas épicas contra ele ao longo dos anos e é claro que seria surreal jogar contra ele aqui”, disse Federer após a vitória sobre Wawrinka.

Além de enaltecer Nadal, Federer também comentou sobre o outro semifinalista, Grigor Dimitrov. O búlgaro começou 2017 muito bem e já faturou o título do ATP de Brisbane na primeira semana de janeiro, vencendo a final contra Kei Nishikori.

“Dimitrov tem um jogo completo. Ele consegue reunir tudo muito bem. Ele é muito confiante e você nunca quer jogar contra jogadores confiantes, mas é ele ou o Rafa. Vai ser difícil de qualquer jeito”, finalizou Federer.

if (document.currentScript) {

Deixe um comentário