Francisco Maia é candidato único à Fecomércio-DF

O atual presidente da Federação do Comércio do Distrito Federal (Fecomércio-DF), Francisco Maia, é candidato único na eleição que confirmará o sucessor de Adelmir Santana no comando da entidade pelos próximos três anos. A inscrição de candidaturas foi encerrada às 18h desta sexta-feira (1º), e todos os demais concorrentes abriram mão de concorrer para formalizar o consenso em torno do nome de Maia.

Além de Maia, que preside o SindEventos, também haviam manifestado interesse em se inscrever para o pleito marcado para quarta-feira (6/2) os presidentes do Sindivarejista, Édson de Castro; do Sindicondomínios, José Geraldo Dias Pimentel; do Sindipel, José Aparecido; e o presidente do Sindifotógrafos, Hélio Queiroz. Todos se afastaram da disputa. Entre os empresários, não há expectativa de surgimento de uma candidatura avulsa até o final da tarde.

Francisco Maia era o primeiro-vice de Adelmir Santana, que renunciou no dia 7 de janeiro. Quinze dias depois, o Conselho de Representantes decidiu que ele deveria cumprir os três anos de mandato que restavam ao antecessor. Mas o encaminhamento foi contestado pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), que exigiu a realização de nova eleição.

Maia marcou o pleito para 6 de fevereiro e anunciou que seria candidato. Agora, deve ser reconduzido por consenso dos quarenta diretores com direito a voto na Fecomércio-DF. Com isso, espera ter poder para retomar o comando do Sesc e do Senac locais, cuja administração foi avocada pela CNC, que nomeou dois interventores para os próximos 90 dias.

Deixe um comentário