Facchin afasta Aécio, mas rejeita pedido de prisão

Relator das ações da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Edson Facchin rejeitou o pedido de prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e sequer submeteu o caso ao plenário da corte. Aécio, no entanto, foi afastado de seu mandato no Senado.

O pedido de prisão foi apresentado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Na manhã desta quinta, as residências do senador em Brasília, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, além de seu gabinete no Congresso são alvo de mandados de busca e apreensão autorizados por Fachin. Também foi expedido um mandado de prisão contra a irmã do senador, Andréa Neves.d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Fonte:

Deixe um comentário