Ex-goleiro Bruno é condenado

 (Euler Junior/EM/D.A Press)


O ex-goleiro Bruno foi condenado a 22 e 3 meses anos por homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio. 17 anos da pena serão cumprido em regime fechado. A decisão foi tomada no começo da madrugada desta sexta-feira (08/3) pelo Júri popular, que estava reunido no Tribunal do Júri de Contagem. 



“O crime contra a vida presente nestes autos ganhou muita repercurssão por ter a participação de um jogador de futebol e também pela ocultação do cadáver da vítima. (…) A sociedade de contagem reconheceu a participação do réu nesta trama diabólica. Agiu de forma dissimulada da sua real intenção”, colocou a juíza na sentença. 


A juíza também ressaltou que Bruno mostrou personalidade fria, violenta e dissimulada. “Bruno acreditou que, ao sumir com o corpo, a impunidade seria certa”, apontou. A magistrada frisou que o réu não poderá recorrer da sentença em liberdade. 


Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário