Estudante elabora novos sinais-termo de odontologia para pacientes surdos

Uma estudante de odontologia está elaborando novos sinais-termo para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) para o atendimento de pacientes surdos. Para saber mais sobre esta iniciativa, o Tarde Nacional – Brasília conversou com Jamilca de Almeida do Espírito Santo, estudante do Curso de Odontologia da Universidade Católica de Brasília (UCB), e com Alexandre Franco Miranda, que é professor do curso.

Jamilca pensou nesta proposta ao atender uma paciente surda, que encontrou dificuldade de expor sua necessidade à profissional. Segundo ela, são poucos os sinais-termo relacionados à odontologia. Até agora, foram elaborados 20 sinais-termo (clique para assistir o vídeo), com a perspectiva de desenvolver mais 90.

O professor conta que, ainda na graduação, os alunos podem elaborar ferramentas para a assistência especial para pacientes que tenham algum tipo de deficiência. Ele também detalha quais são os próximos passos desta pesquisa: “Vamos organizar a parte de validação dos sinais, e tentar disseminar esses sinais dentro da prática odontológica, tanto para a comunidade quanto para os profissionais da odontologia”.

Deixe um comentário