Estudante agredido por PM durante manifestação em Goiânia recebe alta

O estudante Mateus Ferreira da Silva, de 33 anos, que foi agredido por um policial militar em uma manifestação em Goiânia, recebeu alta nesta quinta-feira (11). Ele estava internado no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) desde o dia 28, quando sofreu um traumatismo craniano em um protesto contra as reformas trabalhistas e da Previdência.

Mateus passou por procedimentos cirúrgicos com as equipes de Neurocirurgia e Bucomaxilofacial e deve continuar o tratamento nos ambulatórios. Na próxima quinta-feira (17), Mateus será submetido a outra cirurgia.

O vídeo que registra o momento da agressão viralizou nas redes sociais. O militar Augusto Sampaio de Oliveira Neto, que é subcomandante da 37ª Companhia Independente da PM, foi afastado de suas funções no policiamento ostensivo e deve responder por abuso de autoridade.document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Fonte:

Deixe um comentário