Estrutural: Não é o que parece

Não raro o poder público, em diferentes instâncias, se vale de imagens para ilustrar falsamente um feito. Na ditadura militar, o icônico Jornal do Brasil detectou uma montagem fotográfica num material de divulgação da Superintendência para o Desenvolvimento da Pesca – Sudepe. Para ilustrar um informe que propalava os bons serviços do órgão, foi distribuída uma foto que trazia um verdadeiro milagre da multiplicação – não dos peixes, mas sim, dos barcos pesqueiros. Uma imagem com cinco barcos ancorados foi montada para apresentar uma flotilha de cerca de 30 embarcações.

A história se repete agora na Cidade Estrutural, que luta contra a sujeira e o acúmulo de lixo nas ruas. O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e a administração regional têm feito ações de limpeza e, para registrar o feito, na noite de segunda-feira (13), foram postadas no perfil da administração do Facebook fotos de garis em ação, supostamente na Estrutural.

No entanto, moradores logo perceberam que o cenário não era a Estrutural. Em uma das fotos, vê-se ao fundo um edifício de sete andares, o que não existe na Estrutural. Na madrugada, de segunda para terça, as imagens foram substituídas por outras, sem qualquer explicação.

Nas redes sociais, o tema virou alvo de chacotas. Dizem que a culpa é do estagiário…

Deixe um comentário