Escolas públicas receberão livros digitais a partir de 2015

Programa Nacional do Livro Didático recebe inscrição de candidatos a partir desta segunda: obras são voltadas a alunos e professores do ensino médio

Livro digital é o início de uma grande revolução, acredita especialista

(Thinkstock)
A partir desta segunda-feira, as editoras interessadas já podem inscrever obras destinadas a alunos e professores do ensino médio da rede pública, via Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). A novidade é que, pela primeira vez, poderão ser inscritos livros no formato digital. A obras selecionadas serão oferecidas aos estudantes e professores a partir de 2015.
De acordo com a regulamentação do PNLD, a versão digital deve vir acompanhada do livro impresso e ter o mesmo conteúdo. Como diferencial, é preciso apresentar conteúdos educacionais digitais como vídeos, animações, simuladores, imagens e jogos para auxiliar na aprendizagem. 
Os títulos inscritos serão avaliados pelo Ministério da Educação (MEC), responsável pelo Guia do Livro Didático. A partir do guia, cada escola escolherá que livros deseja adotar em seu currículo.
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário