Érika Kokay é a nova presidente do PT no Distrito Federal

“O PT-DF irá fazer frente aos movimentos fascistas que crescem em todo país e no DF”, disse a deputada federal

A deputada Érika Kokay foi eleita presidente do PT-DF e comandará a legenda nas próximas eleições majoritárias em 2018. A deputada federal assume o comando do partido após fazer aliança com o distrital Chico Vigilante, prometendo mais diálogo com servidores e tom mais crítico em defesa dos servidores.

Em seu discurso após a vitória na sede do PT-DF no domingo (7), Érika pediu “unidade da esquerda no DF para acabar com os desmontes do governo Rollemberg”. Segundo a nova presidente local da legenda, “O PT-DF irá fazer frente aos movimentos fascistas que crescem em todo país e no DF”.

Érika é contrária ao governo de Rodrigo Rollemberg e também a alianças com conservadores e bancadas evangélicas. A missão dela é conquistar, pelo menos, a manutenção da atual bancada do PT do Distrito Federal na Câmara Legislativa, com três deputados, e na Câmara Federal, onde ela é a única representante do partido.

Ex-presidente do Sindicato dos Bancários, Kokay é conhecida por defender minorias – o que deve ser ainda mais notório em sua gestão no PT-DF. “A centralidade da nossa agenda será baseada na defesa dos direitos das mulheres, indígenas, população LGBT, crianças e daqueles que são invisibilizados”, afirmou.d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Deixe um comentário