Empresários do cartel dos postos de gasolina do DF são soltos

Os sete empresários que foram preço pela Polícia Federal na Operação Dubai, na semana passada, foram soltos hoje depois de três dias presos. A operação desarticulou um grupo que combinava preços de distribuição e revenda de combustíveis em postos de gasolina do DF e do Entorno.

Apesar da prisão dos empresários e da suposta queda do império, o preço da gasolina e do etanol continuam os mesmos. De acordo com o Ministério Público do DF, o valor do combustível no DF causou prejuízo de R$ 1 bilhão por ano aos motoristas.

A decisão de conceder liberdade aos suspeitos foi da Primeira Vara Criminal de Brasília. Os sete empresários, porém, não poderão cuidar dos negócios, ou viajar sem autorização da justiça.


Leia mais:


Detran apreende 74 motoristas bêbados no final de semana


Deputados voltam a discutir criação da universidade pública distrital


Gravações fantasmas no GDF


 

Fonte:

Deixe um comentário