BC eleva taxa básica de juros para 10,50% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, elevoua taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, em 0,50 ponto percentual, na primeira reunião do colegiado em 2014. Com isso, a taxa passa de 10% para 10,50% ao ano.

Ao final da reunião, o Copom divulgou nota afirmando que, “dando prosseguimento ao processo de ajuste da taxa básica de juros, iniciado na reunião de abril de 2013, decidiu por unanimidade elevar a Selic em 0,50 ponto percentual, para 10,50% ao ano, sem viés”.

Ainda de acordo com o BC, votaram por essa decisão os seguintes membros do comitê: Alexandre Antonio Tombini (Presidente), Aldo Luiz Mendes, Altamir Lopes, Anthero de Moraes Meirelles, Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo, Luiz Awazu Pereira da Silva, Luiz Edson Feltrim e Sidnei Corrêa Marques.

Esse foi o sétimo aumento seguido desde abril do ano passado. O objetivo da autoridade monetária é buscar que o País cumpra a meta de inflação, que é de 4,5% ao ano, com uma margem de tolerância de dois pontos percentuais para baixo ou para cima.

Na sexta-feira, 10 de janeiro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do País, passou de 0,54% em novembro para 0,92% em dezembro, fechando 2013 em 5,91%, ainda dentro da margem de tolerância. Mas o governo busca evitar que as taxas subam mais em 2014 e a Selic é um dos instrumentos que podem ser usados para garantir o cumprimento da meta.

De outubro de 2012 a abril de 2013 a taxa Selic permaneceu em 7,25%, no nível mais baixo da história desde que o Copom foi criado, em junho de 1996

Fonte:

Deixe um comentário