Eleições do CRN1

Nos dias 6, 7 e 8 de setembro de 2019, ocorrreram eleições para o Conselho Regional de Nutrição (CRN1), que abrange toda a região do Distrito Federal, Goiás, Tocantins e Mato Grosso. Saiu vencedora a chapa Somos Todos Um: O CRN em defesa do nutricionista, com 2.191 votos, seguida da Valorização e Proteção, com 1.146. Em terceiro ficou a Novos desafios (936 votos) e, em quarto , a #CRNmerepresenta (829 votos). O mandato dos eleitos é de três anos.

Ao todo, 5.792 nutricionistas compareceram às urnas. Houve ainda 273 votos em branco e, 417, nulos. Foi a primeira vez na história do CRN1 que ocorreu disputa entre quatro chapas e que houve debate entre os candidatos, transmitido ao vivo e que ficou disponível na página do CRN1 no Facebook.

Ter o conselho ativo e a obrigatoriedade do registro dos profissionais nos conselhos de classe garante maior segurança de atuação profissional adequada e ética, o que tem o objetivo de proteger a sociedade de maus profissionais. Imaginem se os médicos não precisassem se registrar no seu conselho e qualquer um pudesse fazer consultas, cirurgias etc.?

A mesma lógica serve para o nutricionista. Além disso, o conselho atua junto a outros órgãos de classe para garantir direitos dos profissionais. Com isso, temos a parte da fiscalização por meio dos conselhos.

Mas os conselhos não somente fiscalizam. Eles também têm o papel de orientar os profissionais que já estão no mercado. Bom, escolhida a nova gestão para o CRN1 para o próximo triênio, agora é trabalharmos para obter novas conquistas para todos os nutricionistas. Dúvidas? Acessem o site do CRN1: www.crn1.org.br

Deixe um comentário