Eduardo Cunha reforça equipe de advogados

AC_Eduardo-Cunha-em-coletiva-de-imprensa_05112015002

Diante da polêmica gerada pelas explicações do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para ter mantido contas no exterior em conjunto com familiares, o peemedebista resolveu reforçar sua equipe de defesa com advogados de renome.

A atual equipe que trabalha para Cunha, encabeçada pelo ex-procurador-geral da República Antônio Fernando de Souza, pediu um parecer ao ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Francisco Rezek sobre o funcionamento de “trusts”, estrutura que Cunha usou para administrar seus bens.

O deputado argumenta que, ao passar seus recursos para “trusts”, não precisaria mais declará-los às autoridades brasileiras.

O parecer de Rezek será usado para tentar convencer o Conselho de Ética da Câmara de que Cunha não mentiu ao dizer não ter contas no exterior.

A outra aposta da equipe de Cunha é a contratação do advogado criminalista Pierpaolo Cruz Bottini para a defesa de sua mulher, Cláudia Cruz. Ela e uma filha de Cunha são alvos de inquérito.

A Folha apurou que a maior preocupação de Cunha no caso é a situação de sua mulher, já que ela usava o dinheiro no exterior com despesas de seu cartão de crédito, o que torna explícita a necessidade de declaração às autoridades, na avaliação de advogados.


Leia mais:


 

Sob nova fritura por petistas e até empresários, Levy ensaia resistência


Dilma Rousseff diz no Rio que obstruir estradas é crime


Cunha diz que vai provar no Conselho de Ética que não mentiu na CPI da Petrobras


 

 

Fonte: ,

Deixe um comentário