Candidato Eduardo Campos morre em acidente com jatinho particular

O candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB) está entre os passageiros da aeronave particular que caiu na manhã desta quarta-feira em Santos (SP). A confirmação foi feita pelo deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG). Segundo o parlamentar, o candidato e todos os passageiros, incluindo a mulher, Renata, e o filho Miguel, teriam morrido no acidente. O ex-governador de Pernambuco havia saído do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, para um compromisso no Guarujá (SP). No meio do trajeto, o jato particular caiu próximo ao Canal 3, bairro nobre de Santos, sobre uma academia de ginástica na Rua Vahia de Abreu, no Boqueirão.

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que a aeronave Cessna 560 XL de prefixo PR-AFA se preparava para pousar quando teve de arremeter. Uma equipe do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV) está no local, para iniciar a investigação sobre as causas do acidente. Uma grande nuvem de fumaça foi formada no local. Alguns prédios foram atingidos pela aeronave.

Integrante do partido de Campos, Júlio Delgado lamentou a perda do ex-governador. “Estou atordoado. Acho que perdemos o Eduardo, uma liderança da nossa geração.” O parlamentar e a candidata à vice-presidente na chapa de Eduardo, Marina Silva, estão a caminho de Santos. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o secretário de Saúde de São Paulo, David Uip, também estão a caminho do litoral.

Segundo funcionários da academia, que foi parcialmente atingida, uma pessoa que estava dentro do estabelecimento acabou ferida por estilhaços, mas sem gravidade.20140813123117686065u

Fonte:

Deixe um comentário