É carnaval! Confira os blocos gratuitos em Brasília

Ritmistas, passistas e intérpretes das seis escolas de samba do grupo especial do Distrito Federal prometem agitar a folia de pré-Carnaval de Brasília neste fim de semana. A partir das 19h de hoje, as baterias sobem ao palco entre a Torre de TV e a Funarte para o Brasília Samba Show. Totalmente gratuito, o evento conta ainda com duas atrações nacionais, os sambistas Xande de Pilares e Mart’nália, ambos do Rio de Janeiro.

No repertório da filha de Martinho da Vila canções do + Misturado, 11º álbum da sambista, lançado no ano passado, com versões de sucessos como Ninguém Conhece Ninguém – gravada por seu pai. A cantora também vai rememorar hits como Cabide e Entretanto. Já Xande de Pilares vai fazer um passeio por toda a carreira. Desde o disco mais recente, Esse Menino Sou Eu, até sucessos da época em que integrava o grupo Revelação.

Abre a série de shows a Império do Guará, seguida pela União da Vila Planalto e Lago Sul e pela Associação Recreativa Cultural Unidos do Cruzeiro (Aruc).

Às 21h10, é a vez de Mart’nália. As escolas de samba Bola Preta de Sobradinho, Águia Imperial de Ceilândia e Acadêmicos da Asa Norte dão continuidade às apresentações, que são encerradas por Xande de Pilares, à 0h40.

De acordo com a Secretaria de Cultura, o investimento total do evento foi de R$ 955 mil, usados para custear os cachês das agremiações e dos artistas, além da estrutura de palco, equipamentos de luz e som.

Em 2017, depois de três anos sem contar com apoio público para participar do Carnaval de Brasília, as escolas de samba receberam R$ 300 mil para se apresentar com bloquinhos de rua do DF.

Neste ano, o aporte para a estrutura dos blocos tem investimento de R$ 5 milhões do governo de Brasília e de R$ 1,4 milhão injetado por meio de acordo de patrocínio entre a Secretaria de Cultura e a Ambev.

SÁBADO (3)

Quem Já Chupou Vai Chupar Mais

Quem Já Chupou Vai Chupar Mais é o mais novo bloquinho de Brasília. Pela primeira vez na avenida, é uma mistura de tudo que faz do Carnaval a maior festa do Brasil. Desde o axé que está na ponta da língua e aquele sambinha clássico até a sensualidade do funk e a alegria do pop. Um repertório para todo mundo tirar o pé do chão. A folia acontece no Setor Comercial Sul, amanhã, a partir das 14h. Acesso livre.

Galo Cego

No espírito de muito samba, paz e diversão, tem pré-Carnaval do Galo Cego. O Galo Móvel começa o percurso pelo Setor Bancário Sul, às 13h. Depois, ainda tem um segundo tempo dentro do Outro Calaf, até as 22h. Ao som de samba, samba-rock, axé, marchinha e MPB. Acesso livre.

Samba do Peleja

O bloco Samba do Peleja ocupa, amanhã, a Praça dos Prazeres (201 Norte), cumprindo a tradição de sempre sair uma semana antes do Carnaval. Em uma mistura de roda de samba com folia, o bloco reúne cerca de 2,5 mil pessoas todos os anos, desde 2013. Acesso livre.

DOMINGO (4)

Encosta que Cresce

A prévia do bloco Encosta que Cresce, tradicional no Carnaval brasiliense, acontece no estacionamento do Ginásio Nilson Nelson (Eixo Monumental), neste domingo, às 14h. A festa promete fazer os foliões se sentirem no Carnaval da Bahia. Acesso livre.

Falta Pouco

Reunindo o espírito dos carnavais de todo o Brasil, o bloco Falta Pouco desfila neste domingo como uma verdadeira contagem regressiva pela chegada da folia. O bloco ocupa a Praça do Prazeres (201 Norte), a partir das 15h. Acesso livre.

Cafuçu do Cerrado

O sexto ano do Cafuçu do Cerrado vai ser comemorado neste domingo. A festa acontece no Setor Bancário Norte, a partir das 15h, e conta com a presença de atrações de peso, como a Orquestra Marafreboi e o grupo Patubatê. Acesso livre.

Fonte:

Deixe um comentário