Douglas titular contra o Atlético-MG; Ganso segue como opção no banco

Com um treino fechado de aproximadamente 1h30m, o São Paulo iniciou os preparativos para a importante partida desta quarta-feira, contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte, que marcará a estreia das duas equipes na fase de grupos da Taça Libertadores da América. Apesar do suspense, o técnico Ney Franco autorizou que fosse divulgado o time que trabalhou como titular e que será escalado contra o Galo. Coube ao volante Wellington anunciar a escalação. Após receber o aval da assessoria de imprensa, o meio-campista não titubeou e confirmou o time com o lateral-direito Douglas atuando no ataque, como um ponta-direita. O meia Paulo Henrique Ganso seguirá como opção no banco.

– O time que treinou teve Rogério, Paulo Miranda, Lúcio, Rhodolfo, Cortez, Denilson, Wellington, Jadson, Douglas, Luis Fabiano e Osvaldo. Espero que isso não me complique com o professor (risos). Agora, falando sério, o time está preparado para fazer uma bela partida. Gostamos da Libertadores e queremos o título. Respeitamos o Atlético, mas chegaremos fortes ao jogo – afirmou o jogador, em entrevista coletiva logo após a atividade.

Quando a imprensa teve acesso ao CT da Barra Funda, o grupo estava dividido em duas partes. Alguns titulares, casos de Denilson, Osvaldo, Cortez e Wellington, disputavam um treino tático em campo reduzido. Cada atleta só podia dar dois toques na bola. Do outro lado, Ney Franco comandava um treino de bola parada com os seguintes atletas: Lúcio, Rhodolfo, Paulo Miranda e Luis Fabiano. Douglas fazia os cruzamentos e Rogério Ceni tentava fazer as defesas.

Com Douglas entre os titulares, Ney Franco mantém o esquema 4-2-3-1 e coloca o atleta que, dentro do grupo atual, é o que mais se aproxima taticamente de Lucas, que hoje defende o PSG, da França. O novo titular atuará como um ponta direita, como total liberdade para atacar e obrigação de retornar até o meio-campo para ajudar na recomposição do sistema de marcação.  Ele fez essa função contra o Bolívar, em La Paz, quando o Tricolor perdeu por 4 a 3, no confronto de ida da primeira fase da Libertadores. Com essa formação, e como Jadson vive ótima fase, não há lugar para Ganso no time.

Na manhã de terça-feira, a estratégia vai se repetir. Os trabalhos no campo terão início às 9h, mas a imprensa só terá acesso uma hora depois. No início da tarde, o time embarca para Belo Horizonte, palco do duelo contra o Galo, que será disputado no estádio Independência, a partir das 22h.

Fonte: Globo Esporte

Deixe um comentário