Doria: “nunca fui bolsonarista”

Foto: Divulgação Equipe João Doria

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou em entrevista à GloboNews que não tem alinhamento com o governo Bolsonaro e que não foi oportunista ao se apropriar da campanha “BolsoDoria” durante as eleições de 2018.

 “Eu não sou bolsonarista. O movimento nasceu no interior, espontaneamente. Mas eu incorporei. E naquela circunstância, na qual enfrentávamos todos os partidos de esquerda juntos, todos faziam campanha contra mim… qual era o meu caminho senão estar ao lado daqueles que advogavam com Jair Bolsonaro?”, argumentou o governador.

Doria fugiu da pergunta sobre a pretensão de se candidatar ou não a presidência em 2022 e reforçou suas críticas ao discurso do presidente na ONU, marcado por ataques ao socialismo. Na ocasião, o governador afirmou que a fala de Bolsonaro era “primeiro, inadequada; segundo, inoportuna; terceiro, sem referências que pudessem trazer respeitabilidade e confiança ao Brasil no plano ambiental, no plano econômico e no plano político; e quarto, péssima repercussão internacional”.

Doria defendeu ainda seu direito à crítica, dizendo que a faz de forma educada.

Durante parte da manhã, a hashtag #BolsoDoria ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter. Há quem se recorde do tempo da campanha, onde o então candidato afirmava todos os dias em sua rede social o apoio a Bolsonaro.

Vários internautas se manifestaram a respeito da posição do governador, com vídeos e fotos que mostram a antiga proximidade entre os dois políticos.

Deixe um comentário