Donos de postos e presidente do sindicato estão entre os presos na Operação Dubai

O prejuízo que apenas uma das redes investigadas causou para os brasilienses é de, ao menos, R$ 1 bilhão por ano. Foto: Reprodução
O prejuízo que apenas uma das redes investigadas causou para os brasilienses é de, ao menos, R$ 1 bilhão por ano. Foto: Reprodução

Entre os presos na Operação Dubai, deflagrada nesta manhã (24), estão donos de postos de combustível, funcionários e representantes do setor.

Numa atuação em pareceria entre os promotores do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público do DF, Polícia Federal e Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), a Operação Dubai investiga organização criminosa  dedicada à formação de cartel no mercado de revenda de combustíveis do DF.

Veja quem teve a prisão temporária decretada:

1 – ANTÔNIO JOSÉ MATIAS DE SOUSA – um dos sócios da Cascol
2 – JOSÉ CARLOS ULHOA FONSECA – Presidente do Sindicombustíveis DF
3 – CLÁUDIO JOSÉ SIMM – um dos sócios da Gasoline;
4 – MARCELLO DORNELLES CORDEIRO
5 – JOSÉ MIGUEL SIMAS OLIVEIRA GOMES – funcionário da Cascol;
6 – ADÃO DO NASCIMENTO PEREIRA – Gerente de Vendas da BR Distribuidora no DF
7 – ANDRÉ RODRIGUES TOLEDO – Gerente de Vendas da Ipiranga

 

Com informações do C.B. Poder

Leia mais:


PF deflagra operação contra cartel dos combustíveis no DF e Entorno


Amigo de Lula é preso na 21ª fase da Operação Lava Jato


Bumlai estava em hotel com os filhos no momento da prisão em Brasília


 

Fonte:

Deixe um comentário