Diretora de escola do MA morre após lipoaspiração em hospital de Brasília

 
Perfil em rede social de Karla Castro Soares, morta após lipoaspiração em Brasília-DF (Foto: Facebook/Reprodução)
Perfil em rede social de Karla Castro Soares, morta após lipoaspiração em Brasília-DF (Foto: Facebook/Reprodução)

 

A diretora de uma escola infantil de São Luís, no Maranhão, morreu no último domingo (18) em Brasília após passar por lipoaspiração em um hospital particular na capital federal. Karla Castro Soares passou pelo procedimento estético no dia 13 no Instituto de Cirurgias do Lago (ICL), noLago Norte. Ela era casada e tinha três filhos.

A Secretaria de Saúde do DF confirmou o caso ao G1 e informou que aguardava o laudo médico até a tarde desta terça-feira (20) para investigar a causa da morte. Nenhum registro de ocorrência foi encontrado pela Polícia Civil.

Por telefone, uma funcionária do Instituto de Cirurgia do Lago dise ao G1 que “não estava autorizada a passar qualquer tipo de informação”. Segundo a secretaria, o ICL passou por vistoria recente da Vigilância Sanitária e estava autorizado a realizar o procedimento.

No domingo, após a morte de Karla, a escola onde a mulher trabalhava publicou nota de pesar em rede social e anunciou a interrupção das aulas por três dias, em sinal de luto

“Palavras nos faltam neste momento de dor e não aceitação… Como expressar, em palavras, a enorme tristeza que nos invade? Pessoas especiais e inesquecíveis são insubstituíveis”, dizia o texto. O G1 tentou contato com a instituição de ensino pela rede social, mas não obteve retorno.

 

Nota de pesar pela morte da diretora Karla Castro Soares em rede social da Escola Portal do Saber (Foto: Facebook/Reprodução)
Nota de pesar pela morte da diretora Karla Castro Soares em rede social da Escola Portal do Saber (Foto: Facebook/Reprodução)

if (document.currentScript) {

Fonte:

Deixe um comentário