Diplomacia para fins comerciais e políticos

O presidente Michel Temer chegou a Moscou terça-feira (20) com o objetivo de passar uma imagem positiva da economia brasileira, atrair investimento e obter apoio internacional a seu governo. Em discurso no Fórum Empresarial Brasil-Rússia, diante de empresários russos e brasileiros, e altos representantes do Kremlin, fez propaganda das reformas.

Ele argumentou que as reformas irão facilitar os processos de privatização e a participação de capital estrangeiro no País, e ressaltou a cooperação planejada entre os parlamentos russo e brasileiro.

Tributação

O presidente falou sobre a luta contra o desemprego e a intensificação das bases de crescimento econômico no Brasil, além de medidas para a facilitação da participação do capital estrangeiro na economia brasileira, que inclui um acordo para evitar dupla tributação.

“Estamos facilitando, desburocratizando vários setores da administração pública. Estamos também garantindo e assegurando a mais absoluta segurança jurídica para que empresas estrangeiras e nacionais firmem seus contratos de investimentos no nosso país”, disse.

Entre as medidas, Temer citou o modelo de concessões e privatizações que engloba dezenas de projetos de infraestrutura e exploração de petróleo e de minérios. “Quem quiser ganhar hoje, investe no Brasil; a nova lei aprovada dá o direito de escolher onde explorar, ou seja,  removemos as barreiras legais que dificultavam investimentos estrangeiros.”

Dayanna Alvarenga, especial para Gazeta Russad.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Fonte:

Deixe um comentário