Dilma revê planos e amplia reforma em ministérios

Dilma Rousseff conversou sobre mudanças com o vice-presidente Michel Temer nos últimos dias - Agência Brasil
Agência Brasil
Dilma Rousseff conversou sobre mudanças com o vice-presidente Michel Temer nos últimos dias

A presidente Dilma Rousseff deve fazer em março uma reforma ministerial mais ampla do que a prevista inicialmente para acomodar novos aliados e resolver pendências com antigos parceiros, num movimento planejado para construir as bases de sua campanha à reeleição, em 2014. 

Empenhada em conquistar apoios, Dilma pode ceder à cúpula do PDT, que reivindica a troca do ministro do Trabalho, Brizola Neto, e atender o PR, ávido por substituir o titular dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. 

Os movimentos da presidente, na fase pós-faxina – período iniciado em julho de 2011, quando seis ministros foram substituídos por conta de irregularidades nas pastas -, têm o objetivo de evitar que apoiadores do PT sejam atraídos por outros candidatos ao Palácio do Planalto. 

O governo acompanha com lupa os passos do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e do senador Aécio Neves (PSDB-MG), possíveis adversários de Dilma na disputa do ano que vem, e fará de tudo para impedir a debandada de aliados. 

Fonte: Estadão

Sites e Blogs

Deixe um comentário