Desligamento da rede elétrica

A queda de energia que acontece frequentemente no período das chuvas é ocasionada, principalmente, por curtos circuitos provocados por galhos de árvores em contato com a rede elétrica. É o que constatou levantamento da CEB divulgado hoje, que apontou, ainda, uma média de 288 casos mensais de falta de energia devido a esse problema.

“O que acontece em Brasília é que muitas árvores que não são nativas do cerrado foram plantadas embaixo ou próxima da rede, e sem o planejamento adequado”, destacou a engenheira florestal da CEB Distribuição (CEB-D), Fernanda Miquelino Nunes.

A colocação de árvores de grande porte nas proximidades das redes aumenta a possibilidade de curtos devido ao contato que pode ocorrer entre as plantas e os cabos durante uma ventania, por exemplo.

A engenheira florestal lembrou que “um corte apropriado compatibiliza a rede de energia com as árvores já plantadas” e ressaltou, também, que em poucos casos existe a necessidade de erradicação da planta e que, quando necessário, a própria CEB faz o trabalho de poda, de acordo com a legislação ambiental.

Segundo a CEB, árvores na rede correspondem à terceira maior causa de desligamentos de energia no DF.

Para minimizar esses problemas, a CEB realizou este ano 50,3 mil podas em várias regiões do Distrito Federal, o que corresponde a uma média de 6 mil procedimentos mensais.

As podas realizadas em árvores próximas à rede só podem ser realizadas pela CEB, uma vez que em alguns casos a rede de energia precisa ser desligada para evitar acidentes.

Fonte:

Deixe um comentário