Deputado sofre ofensas diárias

Fábio Felix e Claudio Ribas. Reprodução: Facebook

O deputado Fábio Félix (PSOL) tem uma rotina diferente da maioria dos colegas. O primeiro distrital assumidamente gay recebe diariamente mensagens hostis, racistas e homofóbicas.

Marielle – Presidente do PSOL, mesma legenda da vereadora Marielle Franco, assassinada no Rio de Janeiro, Félix tem redobrado os cuidados com segurança, a fim de resguadar sua integridade física e dos servidores de seu gabinete, além de criar estratégias para blindar seu mandado de ofensivas políticas com o avanço de agendas conservadoras e religiosas no país.

Segurança – Com uma campanha baseada em discutir liberdades individuais e garantia de direitos, o deputado obteve quase 11 mil votos, sendo o primeiro distrital eleito pela legenda no DF. Recentemente, o coronel Ribas, ex-chefe da Casa Militar do DF, assumiu cargo de segurança parlamentar do gabinete 24 da CLDF com a missão de mapear os riscos e garantir a integridade física de Félix. As mensagens ofensivas e com potencial de ameaça estão sendo avaliadas juridicamente.

Deixe um comentário