Deputado é denunciado por desvio de dinheiro de deficientes

O deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB-MG) foi denunciado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ao Supremo Tribunal Federal (STF), pelo desvio de R$ 1 milhão destinados à promoção e defesa de direitos de pessoas com deficiência.

Segundo a denúncia, a verba trata-se de recursos públicos provenientes de emendas parlamentares. Os desvios foram feitos em 2010, época em que o político também presidia a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

Ainda de acordo com a Procuradoria Geral da República, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República destinou à FeApaes/MG o valor de R$ 999.997,82, montante que seria destinado à contratação de duas empresas para promoção de eventos. Eduardo Barbosa usou parte do recurso em benefício de pessoas físicas e jurídicas e para financiar a campanha eleitoral. Na época o político disputava a reeleição.

O deputado enviou um áudio à imprensa em que afirma que “tudo começou com uma denúncia anônima e nessa denúncia permaneceu. Apesar da minha indignação pessoal, recebo a notícia com tranquilidade de quem conhece a sua própria historia de vida e sabe do seu proceder”

Deixe um comentário