Denúncias apontam irregularidades na eleição

A Missão de Observação Eleitoral, organização não governamental (ONG) que acompanhou as eleições legislativas de domingo (9) na Colômbia recebeu mais de 100 denúncias de irregularidades na votação.

Segundo a ONG, que avalia a transparência e a legalidade das eleições, a maioria das 104 denúncias diz respeito à compra de votos e à propaganda, que é proibida em dia de votação.

Mais de 32,7 milhões de colombianos estavam aptos para eleger 102 senadores, 166 deputados e os cinco delegados do país no Parlamento Andino.
A missão internacional de observadores, que enviou representantes a 383 municípios, informou  ainda que 21% das seções eleitorais não apresentavam condições adequadas para o exercício do voto.

Fonte:

Deixe um comentário