Demitido do Inpe é escolhido uma das dez pessoas mais importantes para a ciência

O físico Ricardo Galvão, ex-diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, que protagonizou o principal embate entre a ciência e o governo Bolsonaro, foi escolhido pela revista Nature, uma das dez pessoas mais importantes para a ciência neste ano.

Galvão chamou a atenção depois de responder às acusações sem prova do presidente da República de que dados da agência que apontavam para um pico de desmatamento em julho eram mentirosos e acusou Galvão de estar “a serviço de alguma ONG”.

Deixe um comentário