Demanda por alimentos vegetarianos cresce 987% em 2017

No ano passado a demanda por alimentos vegetarianos cresceu 987%, segundo levantamento do serviço de delivery internacional Just Eat. A tendência para 2018, segundo a pesquisa, é de uma nova alta no consumo. A previsão ocorre devido às preocupações com a saúde alimentar e do esforço das pessoas para adotar “estilos de vida saudáveis”.

Os veganos – modelo considerado ainda mais radical – cresceram 94% em 2017. “Conforme aumenta a conscientização sobre os perigos do consumo da carne e de laticínios, cresce a demanda pelo veganismo”, destaca o levantamento.

Atualmente, o Just Eat, responsável pela pesquisa, possui 20 milhões de clientes em todo o mundo. Um terço de todos os 78.700 restaurantes da Just Eat oferece opções veganas. Mais parceiros têm seguido o exemplo, o que mostra que esses números podem aumentar neste ano.

O diretor de Marketing da Just Eat, Edel Kinane, ressalta que os consumidores estão cada vez mais buscando mais opções diversas, saudáveis, sem glúten e à base de vegetais. “Conforme aumenta a conscientização sobre os perigos do consumo da carne e de laticínios, cresce a demanda pelo veganismo. Empresas de todo o mundo estão reconhecendo a evolução desse mercado e incluído mais opções sem crueldade”, conclui.

Deixe um comentário